GOIÁS SOLAR COMPLETA 200 DIAS COM GRANDES AVANÇOS PARA OS SETORES ECONÔMICO E SOCIAL

Goiás solar completa 200 dias com grandes avanços para os setores econômico e social

Gerido pela Secima, o Programa Goiás Solar comemora seus 200 dias com resultados expressivos. Já foram viabilizados em todo o estado, por meio do Programa, mais de 300 projetos de instalação de placas solares fotovoltaicas em residências, comércios, propriedades rurais, órgãos públicos e indústrias.

Junto à implementação do Programa Goiás Solar, a Agência Goiana de Habitação (Agehab), jurisdicionada da Secima, lançou o Programa Casa Solar, que já entregou, desde o início deste ano, 189 unidades habitacionais de interesse social com o sistema fotovoltaico, sendo 149 casas populares em Pirenópolis e 40 em Alto Paraíso de Goiás.

A geração fotovoltaica e a doação de lâmpadas LED proporcionam, nas moradias populares, uma economia no consumo médio de 145,0 kWh mensais para cerca de 21,9 kWh mensais por moradia, ou seja, redução aproximada de 70%. Ambientalmente, essa economia energética equivale evitar a emissão de 73,53 kg CO2 anuais por habitação na atmosfera. Os municípios de Palmeiras de Goiás e Caçu já se preparam para a construção de mais 740 e 260 unidades, consecutivamente, que estão em fase de cadastro para iniciar as etapas estabelecidas pelo Programa.

O Programa Goiás Solar propõe alianças estratégicas entre estado, universidades, municípios, empresas, instituições financeiras e sociedade civil organizada. As mais de 100 parcerias alinhavadas, até agora, auxiliaram na desburocratização e implementação de iniciativas que corroboram com o desenvolvimento da geração e transmissão de energia solar, e continua em busca de novas alianças para fortalecer esta cadeia produtiva.

Nestes 200 dias, desde seu lançamento, o Goiás Solar tem conseguido:

  • Promover o crescimento e capacidade instalada, para geração centralizada e distribuída de energia solar;
  • Reduzir a carga tributária;
  • Articular a oferta de linhas de financiamento com prazos e juros competitivos;
  • Simplificar o processo de licenciamento;
  • Interceder junto às concessionárias para a simplificação e agilidade dos processos de habilitação dos empreendimentos;
  • Estimular a criação e desenvolvimento de empresas inovadoras, a partir de fontes renováveis.

O Goiás solar

O Programa Goiás Solar, sob a coordenação da superintendente da Secima, Danúsia Arantes, elabora políticas públicas relacionadas ao desenvolvimento da energia solar fotovoltaica em Goiás e as demais fontes renováveis. Objetivo do Programa é resolver a questão emergente da microgeração e minigeração distribuída, a partir de fontes renováveis de energia, em especial a solar fotovoltaica, no estado de Goiás, viabilizando a atração e o fomento de empreendimentos.

A intenção do Programa é capilarizar a geração de energia solar fotovoltaica para todas as regiões do estado, fomentando o uso desta energia em áreas urbanas e rurais. De acordo com o governador Marconi Perillo, o aumento da participação da energia solar fotovoltaica na matriz elétrica do Estado traz maior segurança energética e diversificação no atendimento à população e às empresas da região, contribuindo, também, para melhorar a qualidade de vida dos cidadãos.

Os pontos estratégicos do Programa Goiás Solar são as questões da tributação, do financiamento, da desburocratização, do desenvolvimento da cadeia produtiva, da educação e da comunicação, com foco no alinhamento entre política de estado e municípios. O Programa atende aos interesses dos segmentos público, privado, das universidades e da sociedade com foco em energias de fontes renováveis.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *